13

abr

dape

Você sabe o que é a DAPE?

DAPE é a sigla para “dermatite alérgica à picada de ectoparasitas”, uma doença muito comum nos pets que ocorre devido a picada de pulgas, carrapatos e demais ectoparasitas, causando uma sensibilidade na pele do animal, reação à saliva dos parasitas.

 

Essa dermatite tem sintomas bem características no início como um prurido intenso na pele. Por isso, fique atento, pois junto a ela aparecerão lesões decorrentes do ato intenso de se coçar, como falhas no pelo, pelos quebrados ou secos, descamação da pele parecida com caspa e ainda uma alteração visível da cor do pelo, podendo apresentar uma pele mais grossa ou escura.

 

Outro comportamento observado no pet é a coceira intensa e a tentativa de se livrar dela se esfregando em superfícies ou se lambendo muito em uma região específica do corpo.

 

Apesar da coceira ser um dos sintomas, é um erro assumir que o pet já está com a DAPE só por estar se coçando. A coceira pode ser sintoma de outros problemas, também por isso, é necessário levar o animal a um veterinário para que seja feito o diagnóstico correto e então iniciar um tratamento adequado.

 

Se o animalzinho for picado pela pulga ou carrapato, pode ser provável o aparecimento dessa dermatite. Então a melhor forma é prevenir!

 

Cheque regularmente a pelagem do seu pet em busca desses parasitas. Use coleiras de proteção carrapaticidas, banhos com shampoos especiais anti-carrapatos e em casos de infestação, renove o banho a cada 15 dias.

 

Em animais com pelo longo, faça a tosa durante o verão, pois é uma época em que há uma maior incidência de carrapatos e cheque, principalmente, as áreas que o pet tem dificuldade em alcançar como: orelhas, patas, costas e cabeça.

 

Dedetize o ambiente com produtos carrapaticidas, ou se necessário, procure uma dedetização profissional para o ambiente.

 

Seu animal já teve DAPE e picadas de pulgas ou carrapatos? Conte pra gente nos comentários, e saiba como se livrar dessas pragas aqui.

 

Fonte: DermoPet, Cachorro Gato, Veterinária Bicho Vivo, Canal do Pet.

Comentários
TAGS