18

nov

quando-sair-com-um-filhote

Quando posso levar um filhote para passear?

Você tem um filhote de cão ou gato em casa e não vê a hora de levá-lo para um passeio? Cuidado, assim como os bebês humanos, os pets também precisam de cuidados e atenção especial nos primeiros meses de vida, pois estão mais frágeis e, por isso, precisam ficar longe do que oferece riscos à saúde.

Como proteger seu pet?

Quando filhote, é necessário levá-lo ao veterinário com um mês de vida para que sejam definidas as doses de vermífugos, assim como o início do processo de vacinação. Este processo é muito importante para garantir a segurança da saúde do animal em quaisquer ambientes. Sem a vacinação é importante que o pet fique dentro de casa sem entrar em contato direto com outros animais que saiam na rua.

Caso tenha outro animal em casa, mesmo que ele seja vacinado, é arriscado mantê-lo junto ao filhote, pois apesar de ser imunizado pode entrar em contato com algum vírus e transmitir para o filhote.

Quando o cão entra em seu segundo mês de vida, é o momento de iniciar a vacinação, devendo em alguns casos ser renovada anualmente, principalmente as doses que protegem contra as doenças mais perigosas como parvovirose, cinomose, raiva, giárdia, adenovirose, coronavirose, leptospirose, tosse dos canis, gepatite infecciosa e parainfluenza canina.

As doses e tipos de vacinas devem ser solicitadas para o veterinário, e são aplicadas em três doses: com 60 dias de vida, 81 e 102, respectivamente. Além disso, existem medicamentos que devem ser administrados aos cães filhotes antes que possam sair na rua.

Após todos esses cuidados e a autorização do veterinário, você poderá levar o seu pet para passear sem correr riscos de contrair doenças que podem, inclusive, levá-lo a óbito. Com isso pode ser iniciado também o processo de socialização e adestramento do seu pet, sempre com muito carinho e boa alimentação utilizando Special Dog Júnior, para garantir que ele esteja sempre saudável.

E você, já vacinou o seu cão ou gato? Conte para a gente nos comentários.

Fonte: Cachorrogato, blog do cachorro, clube para cachorros, pets & dicas.

Comentários
TAGS