08

jan

v2

Aprenda a eliminar carrapatos do seu pet

Quem tem um bichinho de estimação, em algum momento já sofreu com ele por questões relacionadas a carrapatos. Aquela coceirinha que gera aflição carrega consigo um problema muito mais complexo do que a gente imagina.

Para termos uma vaga ideia, quando somos alvo de pernilongos, aquela picada rápida já nos tira do sério, imagina você com um parasita agarrado na sua pele, gerando desconfortos e coceiras constantes. É mais ou menos isso que nossos pets sofrem quando carrapatos invadem sua pelagem.

Para retirar essa “pulga atrás da orelha”, o “CatDog” selecionou três dicas do que é e NÃO é recomendado.

Não remova o carrapato

É a primeira preocupação que se tem na hora de ajudar o seu pet. Assim que percebe-se uma intensidade maior nas coceiras, a primeira reação é ir procurar manualmente o parasita no animal. Até aí, tudo bem. Com a ajuda de uma luva você pode participar desse processo. Mas é só isso também. Muita gente tem o costume de remover por conta própria o carrapato. Essa prática não é aconselhável, pois a possibilidade da parte anterior do parasita ficar presa à pele do animal é grande, podendo causar infecções. O correto é tratar com medicamentos apropriados. 

Trate o animal

Existe uma série de produtos no mercado para eliminação e prevenção de carrapatos. É aconselhado que seja realizada uma consulta ao veterinário para que se aplique o remédio adequado àquela situação. Muitos desses produtos são fortes, por isso é necessário ter uma ajuda profissional para encontrar a melhor alternativa.

Higienize o ambiente

Não adianta tratar o animal, sendo que o ambiente que ele vive não está livre dos aracnídeo. Limpe bem o local onde o pet mora, utilizando produtos desinfetantes e aspiradores de pó para que eventuais ovos sejam removidos.

Essas dicas aliadas à frequente visita ao veterinário certamente vão trazer uma paz a você e seu amiguinho.

Comentários
TAGS